21 outubro 2015

Resenha: Mar Morto, de Jorge Amado

          Olá pessoas lindas!

Eu li este livro faz um tempo (uns dois anos) e amei. A história é contagiante do começo ao fim, baseado litoral da Bahia. O enredo é todo contado sobre a vida no mar, sabe a vida de pescadores, sua família e amigos, e também fala sobre Iemanjá que é a Protetora dos Navegantes, também como Nossa Senhora da Conceição

O protagonista principal é Guma, um jovem pescado que foi criado pelo tio Francisco, pois perdeu o pai Frederico aos doze anos numa tempestade e a mãe era mulher da vidaGuma casa-se com Lívia. Apesar de crescer sabendo que marinheiros não devem se casar, nem ter filhos. Por que? Porque mulher de marinheiro/pescador sofre demais, e com eles não foi diferente. Sempre que tinha tempestade Lívia ficava na beira do cais a espera do amado. 

Em 2001 Mar Morto foi adaptado para a televisão, criando assim a telenovela Porto dos Milagres de Aguinaldo Silva.
Descrição - fonte wikipedia: 
             O livro trata do nascimento, vida e morte do personagem Guma, que o autor descreve como sendo uma história que se conta nos cais baianos, uma lenda, como ele mesmo diz no final do livro: "assim contam os homens do mar"
InformaçõesRomance; Literatura Brasileira; Autoria Jorge Amado; Publicado em 1936;
Frases do livro: "A noite é para o amor...
"Vem amar nas águas, que a lua brilha..."
"É doce morrer no mar..."
"Desgraça é a mulher que casa com um homem do mar, seu destino será infeliz".

Super índigo esse livro, me cotem nos comentários se já leram e o que acharam do livro.
Não esqueça de curti e compartilhar (se gostar da resenha). Beijos! 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui seu comentário!

© RM Desing - 2016 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Renata Massa | Tema Base: Butlariz.
imagem-logo